França proíbe venda de copos e pratos plásticos descartáveis

A França é o primeiro país do mundo a proibir a venda de copos, taças, pratos, talheres e outros utensílios descartáveis de plástico.

Desde 2015, o país leva a sério o projeto "Transição Energética para o Crescimento Verde", que teve início com a proibição da venda e distribuição de sacos de plástico.

Aprovada em agosto de 2016, a nova lei vai ser implementada progressivamente até 2020, mas os utensílios descartáveis não vão deixar de existir. Com o propósito de atenuar o efeito do aquecimento global, os produtos devem ser 50% constituídos por materiais de origem vegetal e devem ser biodegradáveis. Esses materiais incluem, em particular, amido de milho, amido de batata, fibras têxteis ou de celulose, ou de bambu.

Em 2025, o conteúdo vai aumentar para 60%.

As empresas que fabricam os produtos de plástico vão ter tempo para se adaptarem às novas regras. De acordo com a AFP, organizações ambientalistas elogiaram a lei francesa e esperam que sirva de exemplo a outros países.

Posts Destacados